Cidade produz o dobro de energia que consome

By admin
15 dezembro 2017
Sem Comentários
64 Views

Saeberck, localizada no Noroeste da Alemanha, possui apenas 7.200 habitantes, porém destaca-se por produzir o dobro de energia que consome, a partir de fontes renováveis. A energia excedente é repassada e retorna em descontos de impostos e pagamento de renda para a cidade, que também reinveste o valor em projetos. A Alemanha, mesmo com menor radiação solar, é um dos países líderes do mercado mundial.

Com parceria entre prefeitura e comunidade, em apenas nove anos, a cidade transformou-se em referência mundial. A energia é gerada em painéis solares instalados em casas e prédios, turbinas eólicas e biogás da decomposição de resíduos. Tetos solares e um sistema central e integrado de aquecimento substitui o uso de gás natural.

Em 2008, Saeberck participou de um concurso da região que buscava projetos para desenvolver a “Municipalidade Climática do Futuro”. A cidade traçou estratégias para zerar suas emissões de carbono até 2030 e venceu a competição, com a premiação de 1 milhão de euros de incentivo.

Uma série de projetos foram executados e várias ações englobam diretamente a comunidade local, como reuniões e o envolvimento das crianças durante a instalação dos painéis solares em escolas. No início, 25% das famílias aceitaram transformar suas casas e fazendas em produtoras de energia, e funcionar com maior eficiência energética. Entre 2009 e 2014, 440 unidades fotovoltaicas foram criadas. São quase 10 megawatts instalados que respondem por 26% da produção de energia local, o suficiente para 2 mil famílias.

A cidade conseguiu atingir o objetivo de reduzir as emissões per capita em 42%, passando de 9,6 toneladas de CO2 por habitante, em 2010, para 5,5 toneladas, em 2014. Em relação ao custo de energia, foi registrado uma queda de 16%.

Comentários Fechados.